Por que investir em um e-commerce?

Compartilhe conhecimento

Rate this post

Números divulgados pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico mostram que as lojas virtuais brasileiras faturaram mais de R$ 59 bilhões. O valor faz referência a mais de 203 milhões de entregas realizadas ao redor do país. Tais resultados animadores são alguns dos motivos que respondem à pergunta: por que investir em um e-commerce?

Apesar do período de crise recente, as lojas virtuais seguem em uma constante de crescimento. Enquanto em 2017 o índice foi de 12%, o mercado espera alcançar mais 15% de crescimento até o final de 2018. Diante das expectativas motivadoras, listamos outros pontos positivos desse mercado tão crescente. Acompanhe!

Afinal, por que investir em um e-commerce?

Pesquisas já indicaram que entre os fatores decisivos para o internauta optar por comprar algo pela internet estão:

  • comodidade: não é preciso sair de casa para encontrar o que se procura;
  • oferta ampliada: mais opções de produtos e modalidades de pagamento;
  • economia: a redução de custos do negócio faz com que os e-commerces ofereçam preços mais atrativos;
  • agilidade: apesar de lidar com frete na maioria dos casos, o processo geral de compra é muito simples e ágil, sendo possível adquirir um produto em poucos cliques.
  • disponibilidade: é possível navegar e fazer compras a qualquer hora do dia, já que os sites estão sempre disponíveis.

Quais são as vantagens para os empreendedores?

Além dos benefícios ao consumidor, que tende a comprar mais, os empreendedores também aproveitam condições diferenciadas. Veja:

Fácil acompanhamento das tendências sociais e tecnológicas

O digital avança a todo momento, e os negócios precisam estar preparados para isso. Ao se perguntar por que investir em um e-commerce, lembre-se que estar online facilita o acompanhamento das tendências.

E é claro que isso inclui o aumento do uso de dispositivos móveis para acesso à internet.  Logo, adaptar-se às novidades do mercado significa aumentar as oportunidades de vendas.

Investimento reduzido

Imagine se livrar de boa parte dos investimentos que teria com um negócio presencial? Para iniciar um e-commerce, sua operação não precisará de um grande número de funcionários ou de uma estrutura física. Atualmente, é possível se deparar com lojas virtuais completas desenvolvidas em ateliês caseiros e home office.

Uma loja física de médio porte utilizaria pelo menos 3 caixas para atendimento — o que pode representar 3 funcionários, 3 computadores e 3 maquinetas de cartão. Uma loja virtual precisa contar, apenas, com um bom sistema financeiro para receber os pagamentos simultâneos.

Vendas ilimitadas geograficamente

Com um e-commerce, é possível expandir os locais de atuação. E isso vale também para empresas que já existem fisicamente, mas querem expandir sua operação sem aumentar demasiadamente os custos. Mesmo operando de Belo Horizonte, por exemplo, é possível atender consumidores em todo o Brasil.

Mas, apesar das vantagens listadas, fique atento. Na hora de decidir por que investir em um negócio digital como um e-commerce, é importante entender o que você quer vender, para quem você quer vender e como você quer vender.

Ter um nicho de mercado bem definido, além de identificar que tipo de consumidor você quer atingir, é o primeiro passo para ter um e-commerce de sucesso. Para cumprir bem esse requisito, você pode contar com uma agência de marketing digital. Ela ajudará a estruturar todo o seu posicionamento de mercado para que as melhores estratégias de marketing e vendas sejam definidas. Conheça as soluções que a Target Mais tem para impulsionar o seu negócio.


Compartilhe conhecimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *